Sérgio Cabral

Sérgio Cabral


Governador do Estado do Rio de Janeiro


Sérgio de Oliveira Cabral Santos Filho nasceu em 27 de janeiro de 1963 no bairro do Engenho Novo, no Rio de Janeiro. Filho mais velho do jornalista e escritor Sérgio Cabral e da museóloga e professora Magaly Cabral, é formado em Jornalismo. Começou a carreira na política em 1982, na Juventude do PMDB.

Em 1987, aos 24 anos, assumiu o cargo de diretor de operações da TurisRio (Companhia de Turismo do Estado do Rio de Janeiro), à frente da qual criou o Clube da Maior Idade, dedicado ao lazer dos idosos, e trouxe para o Rio os Albergues da Juventude.

Em 1990, Sérgio Cabral foi eleito deputado estadual pela primeira vez, com 12 mil votos. Quatro anos depois, foi reeleito com 168 mil votos, a maior votação para o cargo desde a fusão dos estados do Rio de Janeiro e da Guanabara. Apoiado por uma ampla frente parlamentar, elegeu-se presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), cargo que ocuparia por oito anos. Marcou a sua gestão com medidas de austeridade, entre elas o fim da aposentadoria especial para os parlamentares.

Foi novamente reeleito em 1998, desta vez com 380 mil votos, resultado que o tornou o deputado estadual mais votado do Brasil. Entre as leis de sua autoria nesse período, destaca-se a criação do Passe Livre para estudantes da rede pública, portadores de deficiência física e maiores de 65 anos (Lei 3339/99).

A carreira bem-sucedida levou Cabral a se eleger senador em 2002 com 4,2 milhões de votos, maior votação de um político na história do Rio de Janeiro. No Senado, presidiu a Comissão do Idoso e foi relator do Estatuto Nacional do Idoso.

Em 2006, Cabral foi escolhido em convenção candidato ao Governo do Rio e foi eleito em segundo turno, com 5,1 milhões de votos. Em 2010, foi reeleito governador no primeiro turno com 5,2 milhões de votos, que corresponderam a mais de 66% dos votos válidos.

Sérgio Cabral é casado com a advogada Adriana Ancelmo Cabral e é pai de cinco filhos: João Pedro, Marco Antonio, José Eduardo, Tiago e Mateus.